Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegar no nosso site está a aceitar a sua utilização. OK

Receita em vídeo do bolo de trigo-sarraceno pelo chefe FABIO CAMPOLI

Data:

22/11/am


Receita em vídeo do bolo de trigo-sarraceno pelo chefe FABIO CAMPOLI

Receita em vídeo do bolo de trigo-sarraceno pelo chefe FABIO CAMPOLI, no âmbito da VI Semana da Cozinha Italiana no Mundo.

Bolo de trigo-sarraceno (Schwarzplententorte)

Não se trata de um cereal do ponto de vista botânico, mas muitas vezes o trigo-sarraceno, tal como a quinoa, é definido como um pseudo-cereal, com um conteúdo de proteínas que o tornam semelhante a uma leguminosa. Em Itália é cultivado sobretudo no Trentino e em Valtellina, região que utiliza imenso o trigo-sarraceno nos seus pratos, basta pensar na polenta taragna e nos pizzoccheri. O consumo de trigo-sarraceno não é aconselhado apenas a quem tem de evitar o glúten por motivos de saúde, mas a todos os que desejam mais variedade na sua alimentação. É recomendado sobretudo em caso de cansaço e de fadiga, para recuperar energia e dar ao organismo substâncias para se regenerar.

Ingredientes para uma forma com 20 cm de diâmetro

150 g de farinha de trigo-sarraceno
150 g de farinha de avelã
150 g de manteiga em barra
3 ovos
150 g de açúcar
1 maçã
1 limão
8 g de fermento para doces
Uma pitada de sal
300 g de doce de mirtilo
Açúcar em pó q.b.

Preparação

Para fazer este bolo, é importante que a manteiga e os ovos estejam a temperaturas semelhantes, entre 15-20 °C.
Aromatize a manteiga em barra com a casca do limão finamente ralada. Bata a manteiga e o açúcar na batedeira. A seguir, bata os ovos e adicione-os em fio à mistura, continuando a bater.
À parte, junte numa taça a farinha de avelã com a de trigo-sarraceno e o fermento para doces, usando uma batedeira para misturar bem.
Junte à mão a mistura seca e a húmida à base de manteiga e ovos, com a ajuda de uma colher grande e fazendo movimentos delicados de baixo para cima, para não desmanchar a massa.
Por fim, descasque e rale finamente a maçã, e adicione-a à massa. Deite a massa numa forma bem untada de manteiga e polvilhada com farinha.
Salpique a superfície com um pouco de açúcar em pó e fure-a delicadamente com um palito para criar um motivo decorativo.
Leve o bolo a cozer no forno pré-aquecido a 200 °C durante 10 minutos, e depois reduza para 155 °C durante mais 35-40 minutos.
Depois de tirar o bolo do forno, deixe-o repousar cá fora até arrefecer totalmente. Depois, desenforme-o e corte-o em dois discos com a ajuda de uma faca.
Coloque o disco de base num prato de bolos e unte-o com uma generosa dose de doce de mirtilos. Cubra com o segundo disco de bolo, salpique com açúcar em pó e sirva.

Fundador da empresa Actions Gastronomiche Srl e do jornal Prodigus, Fabio Campoli é atualmente consultor para empresas e restaurantes italianos e estrangeiros, além de ser autor e condutor de programas de televisão e rádio, consultor da indústria cinematográfica e food designer, premiado em ambiente culinário e comunicativo. Autor de oito publicações e professor de instituições públicas e privadas, a sua filosofia à mesa, no trabalho e na vida resume-se à atenção às "coisas boas", numa lógica em que o essencial é visível aos olhos de quem vive a cozinha não como um fim, mas como um meio de transmitir emoções e transmitir história e cultura.

http://www.fabiocampoli.it/

Informações

Data: DE Seg. 22 Nov. 2021 a Dom. 28 Nov. 2021

Organizado por : Istituto Italiano di Cultura

Entrada : Livre


Localidade:

canal YOUTUBE

1905