Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegar no nosso site está a aceitar a sua utilização. OK

Exposição virtual "Caruso, Corelli, Di Stefano 1921-2021 / Miti del canto italiano"

Data:

02/08/am


Exposição virtual

Exposição virtual "Caruso, Corelli, Di Stefano 1921-2021 / Miti del canto italiano", uma iniciativa do Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale, realizada pela Fondazione Teatro alla Scala com o Museo Teatrale alla Scala.

Com a curadoria do crítico musical Mattia Palma, a exposição celebra um triplo centenário: a morte, a 2 de Agosto de 1921, de Enrico Caruso e o nascimento, no mesmo ano e com apenas alguns meses de intervalo, de Giuseppe Di Stefano e Franco Corelli, protagonistas inesquecíveis da cena da ópera nacional e internacional.

A partir de 2 de agosto de 2021 e durante um ano, é possível visitar a exposição online através do site do Teatro alla Scala, em italiano e inglês

Um projeto único, interativo e imersivo, com o qual o Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale dá seguimento ao compromisso de divulgar a cultura italiana: graças a Embaixadas, Consulados e Institutos Italianos de Cultura, a exposição vai viajar pelo mundo permitindo a qualquer pessoa, em qualquer lugar, conhecer três dos artistas mais representativos da cena musical lírica italiana, capazes de trazer o mito do século XIX do tenor para a modernidade.

Visitando a exposição virtual, o público poderá circular livremente pelos espaços reproduzidos do Teatro La Scala - também protagonista de uma inédita reconstrução em 3D que mistura espaços reais com cenários arquitectónicos inteiramente virtuais. Ao interagir com pontos sensíveis (hotspots), será possível explorar com maior profundidade os temas e conteúdos de cada secção, e aceder aos vídeos produzidos por Punto Rec Studio, curador do espaço virtual com encenação arquitectónica concebida por Lorenzo Greppi (Studio Greppi), com material fornecido por Rai Teche e Warner Classics.

O percurso expositivo começa pela figura de Enrico Caruso, pioneiro da gravação de discos e símbolo da nova sensibilidade de uma época em que o heroísmo dos tenores do século XIX deu lugar a interpretações mais burguesas e íntimas, e continua com Franco Corelli e Giuseppe Di Stefano, protagonistas ao lado de Maria Callas da cena da ópera dos anos Cinquenta. Através de reportagens de imprensa e fotografias de palco, esta secção da exposição recria o clima artístico dos anos em que o Teatro La Scala e os seus artistas foram verdadeiros símbolos da recuperação e do boom económico do segundo pós-guerra em Itália.

Grande final com o "concerto impossível", uma atuação virtual dos três artistas que executam a mesma ária: Vesti la giubba dos Pagliacci de Leoncavallo.

Informações

Data: DE Seg. 2 Ago. 2021 a Dom. 31 Jul. 2022

Organizado por : Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale

Em colaboração com : Fondazione Teatro alla Scala, Museo Teatrale alla Scala

Entrada : Livre


Localidade:

online

1847