Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao continuar a navegar no nosso site está a aceitar a sua utilização. OK

ESTATE ALL'ITALIANA FESTIVAL 2021

Data:

04/07/am


ESTATE ALL'ITALIANA FESTIVAL 2021

ESTATE ALL'ITALIANA FESTIVAL 2021 - Um tour mundial de espetáculos de música e teatro, em streaming on demand gratuito para o público internacional.

Regressa para o segundo ano consecutivo “Estate all’Italiana Festival“, uma iniciativa promovida pelo Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale, en colaboração com a Associazione ItaliaFestival, a associação multidisciplinar constituída por alguns entre os mais prestigiados festivais italianos.

A partir de 4 de julho até 21 de setembro de 2021, começa o tour virtual entre os principais festivais italianos: um rico leque de espetáculos de dança, teatro e música disponíveis gratuitamente em streaming live e on demand no canal Vimeo de Italiana.

Programa:

4 de julho de 2021 com Ravenna Festival

►►► “Bestiario d’amore” de Vinicio Capossela, um espectáculo livremente adaptado a partir da obra homónima de Richard de Fournival dedicada às formas que o amor pode alegremente encarnar seguindo o padrão dos bestiários medievais: "o amante é um monstro, esmagado pela necessidade de se mostrar. E como não podemos evitar o amor, vamos celebrá-lo sob a forma de um bestiário”.

5 de julho de 2021 com Campania Teatro Festival

►►► “I Racconti di Mamma Orca” de Roberto De Simone, com Edoardo Catemario (guitarra), quarteto canónico Matteo Calosci (violino), Niccolò Musumeci (violino), Margherita Fanton (viola), Zoltan Szabo (violoncelo). Uma obra em cinco movimentos, representativa da ligação entre a tradição musical napolitana, arcaica e popular, e a música contemporânea no seu significado mais refinado.

7 de julho de 2021 com Festival Pianistico di Brescia e Bergamo

►►► Concerto para piano e orquestra n. 2 de Brahms executado pela Filarmonica del Festival, Pier Carlo Orizio diretor, Francesco Piemontesi pianista.

9 de julho de 2021 com Ravenna Festival

►►► Os jovens membros do Quarteto Guadagnini, juntamente com o violoncelo de Enrico Bronzi, solista de renome internacional, irão apresentar o famoso Quarteto de Cordas n. 12 em Dó menor de Franz Schubert. As quatro cordas, vencedoras do prestigioso Prémio Piero Farulli, e o famoso violoncelista vão executar o Quinteto que o compositor completou apenas dois meses antes da sua morte e que representa o auge da sua produção musical de câmara: uma obra com uma arquitetura complexa, uma espécie de caleidoscópio harmónico ao qual a duplicação do registo grave confere um carácter quase sinfónico.

12 de julho de 2021 com Emilia Romagna Festival

►►► No cenário evocativo da milenar Abadia de Pomposa, o prestigioso Coro del Friuli Venezia Giulia, dirigido pelo Maestro Ernst Hoetzl, com a flauta solo de Boris Bizjak, vai executar no concerto Cantatas e os motetos sacros de J.S. Bach, um programa fascinante de Bach a Mendelssohn e ao contemporâneo Cristian Carrara, com uma nova composição na sua primeira atuação, "O Somma Luce" para um coro a cappella e flauta, inspirado no Paraíso de Dante.

16 de julho de 2021 com Areasud

►►► O "Unconventional Folk" da Sicily Folk Orchestra está em palco de Areasud: um conjunto criado para redescobrir, reinterpretar e promover as tradições musicais sicilianas, situando-as num contexto totalmente moderno, regenerando e valorizando o repertório de música popular da ilha, levando-o para as praças e os teatros da Itália e festivais internacionais de músicas do mundo.

17 de julho de 2021 com Festival Valle d’Itria

►►► A Orchestra del Teatro Petruzzelli apresenta "A Criação" de F. J. Haydn, na versão rítmica em italiano preparada para o festival pelo filólogo Dario Del Corno e que será revista para esta nova edição pelo seu filho Filippo. Com a direcção de Fabio Ceresa e as cenas de Tiziano Santi.

19 de julho de 2021 com Piccolo Opera Festival

►►► “Maria de Buenos Aires“, uma nova co-produção do Teatro Goldoni Livorno. Com Arianna Manganello (Maria), Giacomo Medici (barítono), Gianluca Ferrato (ator). Direção de Igor Zobin.

21 de julho de 2021 com Associazione Figli d’Arte Cuticchio (ATF)

►►► A “Rapsodia fantastica” interpretada por Nicola Mogavero (saxofone), Alessio Pianelli e Francesco Biscari (violoncelo), Mauro Vivona (trompa), Giacomo Cuticchio (piano e direção). Os cinco músicos combinam o som dos instrumentos de sopro, de arco e de teclado em harmonias e melodias compostas por Giacomo Cuticchio e inspiradas no Teatro dei Pupi, numa reinterpretação animada do mundo épico-cavaleiro.

23 de julho de 2021 com Puccini Festival

►►► Stefania Sandrelli faz a sua estreia como encenadora de lírica com "Tosca", a obra-prima que abre a 67ª edição do Festival Puccini.

30 de julho de 2021 com Traiettorie

►►► Concerto do Ensemble Prometeo conduzido por Marco Angius. O programa propõe um diálogo intenso entre os Estados Unidos e a Itália a nível instrumental (o som absoluto de Morton Feldman e as geometrias ilusionísticas de Aldo Clementi) e vocal (os desafios entre som e significado de Brian Ferneyhough e Franco Donatoni), com a participação da mezzo-soprano Katarzyna Otczyk.

2 de agosto de 2021 com Opera Estate Festival

►►► No 100º aniversário da morte do compositor Camille Saint-Saens, uma rede italiana de organizações de dança cria o projecto "Swans Never Die" e convida diferentes artistas a trabalhar no solo A morte do cisne como um campo de experimentação, entre reinvenção e citação, entre história e memória. Ao lado da versão clássica interpretada por Virna Toppi, prima ballerina no Teatro alla Scala, há criações de Chiara Bersani, Collettivo MINE, Silvia Gribaudi, Philippe Kratz e Camilla Monga, acompanhados pelos músicos Filippo Vignato e Emanuele Maniscalco.

4 de agosto de 2021 com Macerata Opera Festival

►►► No cenário da magnífica colunata do Sferisterio, uma performance de "D'un imortale amor", composição original de Silvia Colasanti para voz, contratenor, quarteto de cordas e percussão, com textos de Mariangela Gualtieri.

7 de agosto de 2021 com Teatro del Drago (ATF)

►►► Um espetáculo de teatro de figuras sem palavras, no qual imagens, música e animação se misturam para criar uma atmosfera lúdica e colorida como o grande circo de "Pinóquio". A cenografia e as marionetas são inspiradas pelas imagens de Alain Letort, artista francês que prestou homenagem ao famoso boneco de madeira criando 12 desenhos realizados com tinta-da-china, depois coloridos por Gianni Plazzi. As palavras tornam-se música, perdem o seu significado, tornam-se sons simples que acompanham os movimentos das marionetas movidas à vista por quatro atores-animadores, de acordo com uma técnica muito amada pela companhia.

9 de agosto de 2021 com Festival Internazionale di Mezza Estate – Tagliacozzo Festival

►►► A Orchestra Sinfonica Abruzzese executa o Concerto Triplo de Beethoven e a Sinfonia Eróica, por ocasião dos 200 anos da morte de Napoleão.

11 de agosto de 2021 com Armonie d’Arte Festival

►►► O Ensemble Pietrodarchi num concerto de homenagem a Astor Piazzolla, nas rotas Itália-Argentina, por ocasião do centenário do seu nascimento.

18 de agosto de 2021 com Rossini Opera Festival

►►► Os estudantes da Accademia Rossiniana “Alberto Zedda” interpretam o "Viaggio a Reims", dramma giocoso num só ato com música de Rossini.

21 agosto 2021 con il Festival Verdi

►►► Michele Mariotti com a Filarmonica Arturo Toscanini e o Coro del Teatro Regio di Parma, dirige a ópera Ernani pela primeira vez, no programa do XX Festival Verdi no Teatro Regio de Parma.

24 de agosto de 2021 com Umbria Jazz

►►► É um ciclo muito particular a que Umbria Jazz organizou para a secção dos concertos da tarde, inteiramente dedicado às orquestras italianas, ensembles que, apesar das dificuldades, demonstram uma vitalidade artística extraordinária. Uma seção transversal variegada, constituída por diferentes estilos e visões, com o denominador comum do fascínio que as grandes formações podem exercer sobre o públicoo.

27 de agosto de 2021 com Mittelfest

►►► Concerto inaugural da 30ª edição de Mittelfest. Um espetáculo criado pela FVG Orchestra, numa estreia mundial: Grigor Palikarov dirige a orquestra, com a participação da jovem solista Erica Piccotti, numa atuação dedicada aos rios da Europa, ao longo do Reno da terceira sinfonia de Schumann e Vltava de Smetana, parando na Ponte do Diabo, musicalmente reinterpretada para a ocasião por Cristian Carrara.

31 de agosto de 2021 com Borgate dal vivo

►►► Isabella Ragonese abre a sexta edição de Borgate dal vivo com um evento especial. Do pátio interior do Museu Egípcio de Turim, a atriz vai ler excertos de "Le Cosmicomiche" de Italo Calvino. A música ao vivo que acompanhará a leitura será interpretada por Riccardo Mazza, curador do projeto Frequencies.

3 de setembro de 2021 com Festival Musica Sacra Pordenone

►►► O Odechaton Ensemble executa o Patriarcharumconcentus, sob a direção de Paolo Da Col. Do rico e original património musical que floresceu na Idade Média na vasta área do Patriarcado de Aquileia pouco nos chegou e o que resta nos antigos códices é principalmente monodia litúrgica ou paralitúrgica. O concerto "Patriarcharumconcentus" oferece um exemplo da riqueza de línguas e formas musicais (sequências, discos, motetos, hinos, motetos celebrativos, madrigais, etc.) praticadas entre os séculos XV e XVI na vasta área do Patriarcado, um lugar onde diferentes línguas e culturas se encontravam e onde se trocava conhecimento.

10 de setembro de 2021 com Mascagni Festival

►►► Um concerto de ópera sinfónica entre Mascagni e Morricone, com Francesca Maionchi (soprano), e Beatrice Venezi que dirige a Orchestra della Toscana.

12 de setembro de 2021 com Südtirol festival Merano

►►► A Orchestra Haydn di Bolzano e Trento e a Chamber Choir of Europe, dirigidas por Karl Jenkins. . O programa inclui também a Missa para a Paz “The Armed Man”.

14 de setembro de 2021 com Opera Estate Festival

►►► A Orchestra di Padova e del Veneto dirigida por Marco Angius realiza uma nova produção concebida para as celebrações do aniversário de Dante. É Il Paradiso di Dante, a pedra angular da reflexão musical de Salvatore Sciarrino sobre a Comédia: uma arquitetura sonora que, a partir da indistinta vibração original, estratifica-se seguindo a ascensão para o mais alto dos céus.

21 de setembro de 2021 com Festival delle Nazioni

►►► O Ensemble Sensus em “Ut Musica Pictura“, por ocasião dos 500 anos da morte de Raffaello Sanzio.

Informações

Data: DE Dom. 4 Jul. 2021 a Ter. 21 Set. 2021

Organizado por : Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale

Em colaboração com : Associazione ItaliaFestival

Entrada : Livre


Localidade:

streaming live e on demand sul canale Vimeo di italiana

1830